Irmandade Muçulmana denuncia fechamento da sede na Jordânia

Amã, 13 Abr 2016 (AFP) - O Serviço de Segurança da Jordânia retirou as pessoas e fechou nesta quarta-feira a sede da Irmandade Muçulmana em Amã, afirmou um advogado do movimento.

"A Segurança Interna da Jordânia revistou a sede da Irmandade Muçulmana e evacuou o local, antes de selar a porta com cera vermelha", disse o advogado Abdelkader al-Khatib.

A Irmandade Muçulmana, organização fundada no Egito em 1928, é a principal força de oposição na Jordânia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos