Naufrágio deixa 8 migrantes mortos e 20 desaparecidos em águas líbias

Roma, 18 Abr 2016 (AFP) - Ao menos oito migrantes morreram e outros 20 se encontram desaparecidos depois que uma lancha de meio porte naufragou diante do litoral líbio, anunciou a ONG francesa SOS Méditerranée.

A lancha começou a se encher de água e os migrantes, tomados de pânico, se jogaram ao mar, um pouco antes do navio de resgate Aquarius, fretado pela SOS Méditerranée e Médicos do Mundo, chegou para socorrê-los.

Alguns refugiados se afogaram e outros foram levados pela corrente. Seis corpos foram achados no fundo da embarcação, mas alguns dos 108 sobreviventes afirmam que havia mais de 135 pessoas a bordo.

Os sobreviventes são originários da vários países da África.

Segundo balanço de 14 de abril do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), 24.443 migrantes chegaram por mar à Itália desde o início do ano e mais de 350 morreram ou desapareceram nas águas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos