General dos EUA: Pyongyang quer desenvolver mísseis intercontinentais

Washington, 19 Abr 2016 (AFP) - A Coreia do Norte poderia obter mísseis balísticos de alcance intercontinental se não for parada a tempo, declarou o general de quatro estrelas escolhido para comandar as forças dos Estados Unidos na Coreia do Sul.

Falando em sua audiência de nomeação ante o Comitê do Senado sobre Serviços Armados, o general Vincent Brooks alertou que o líder norte-coreano, Kim Jong-un, está determinado a construir foguetes que poderiam um dia atingir até mesmo os Estados Unidos.

"Vimos através de exibições quais sistemas dispõem... Com o tempo, acredito que vamos vê-los adquirir essas habilidades se não forem parados", afirmou Brooks aos legisladores.

O senador John McCain, que preside a comissão, perguntou a Brooks o quanto estava preocupado com a "falta de maturidade e imprevisibilidade do governante inflexível de Pyongyang".

"Estou muito preocupado com a direção tomada, e claramente ainda não o dissuadimos de seu objetivo", disse Brooks.

A agência de notícias sul-coreana Yonhap indicou na quinta-feira, citando um oficial não identificado, que a Coreia do Norte implantou há três semanas um ou dois mísseis balísticos Musudan perto do porto de Wonsan, no leste da península.

"Se confirmado, pretendo trabalhar em estreita colaboração com a República da Coreia para garantir que estarão prontos" a responder a uma eventual agressão norte-coreana.

Os Estados Unidos mantêm um grande contingente de tropas na Coreia do Sul desde o fim da Guerra da Coreia, em 1953. Atualmente, 28.500 soldados americanos estão estacionados na Coreia do Sul e as duas forças têm relações militares muito próximas.

As duas Coreias permanecem tecnicamente em guerra porque o conflito terminou em um armistício ao invés de um tratado de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos