Polícia espanhola prende marroquino vinculado ao EI

Madri, 19 Abr 2016 (AFP) - A polícia espanhola prendeu nesta terça-feira em Palma de Mallorca, na Ilhas Baleares, um marroquino suspeito de recrutar candidatos para o grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

O homem, que não teve a identidade revelada, "representava uma clara ameaça para a segurança nacional", afirma o ministério do Interior em um comunicado.

O detido tentava recrutar, por meio de "plataformas virtuais e de comunicações, novos aspirantes à jihad sírio-iraquiana, promovendo, estimulando e ajudando na viagem até a zona de conflito para a posterior integração às fileiras do Daesh" (acrônimo em árabe do EI), completa a nota.

O ministério destaca que "em grupos mais reduzidos e para uma audiência muito selecionada, o detido dirigia seus esforços para facilitar a execução de atos terroristas em território espanhol e em outros países europeus".

As autoridades espanholas destacam que o detido estava em contato com membros do EI na Síria, "que seriam responsáveis por facilitar tanto a chegada de novos combatentes à zona de conflito como por proporcionar instruções e/ou recursos para a execução de algum ato terrorista no país ou em outro país europeu".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos