Presidente do Parlamento iraquiano suspende sessões até 'nova ordem'

Bagdá, 19 Abr 2016 (AFP) - O presidente do Parlamento iraquiano, Salim al-Joubouri, anunciou nesta terça-feira a suspensão "até nova ordem" das sessões da câmara após uma semana de discussões entre os deputados em torno da composição de um novo governo.

Esta crise política ocorre em meio a uma importante crise econômica, provocada pela baixa dos preços do petróleo e quando o Iraque realiza uma campanha contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI), que controla vastos territórios no oeste e no norte de Bagdá.

Na quinta-feira, deputados votaram pela destituição de Joubouri e nomearam Adnane al-Janabi como substituto interino, criando uma situação inédita com dois presidentes no Parlamento.

Joubouri questionou o resultado da votação, argumentando que o quórum necessário de 165 deputados não foi alcançado e que sua destituição é "inconstitucional", mas seus detratores continuam firmes em suas posições.

"Anunciou a suspensão das sessões (...) do Parlamento iraquiano até nova ordem", afirmou em um comunicado, acrescentando que esta decisão foi tomada "para preservar a reputação do Parlamento".

A crise política atual começou quando o premiê, Haider al-Abadi, quis substituir o governo atual, composto de políticos por um gabinete dee tecnocratas que tem como missão realizar reforças anticorrupção, mas rápido se transformou em uma campanha hostil a Joubouri, próximo de Abadi.

bur-wd/mer/vl/eg/mb/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos