Militar americano ajuda a frustrar atentado na Dinamarca (Pentágono)

Washington, 20 Abr 2016 (AFP) - Um militar americano ajudou a desbaratar o plano de um atentado a bomba contra uma escola na Dinamarca, informou o Pentágono nesta quarta-feira.

A Dinamarca agradeceu ao militar e entregou-lhe uma medalha, destacou o Departamento de Defesa americano.

O capitão do Exército americano Bradley Grimm, destacado na base aérea de Al-Assad, na província de Al-Anbar (oeste do Iraque), obteve "informações concretas" de documentos em poder de combatentes estrangeiros vinculados à Dinamarca, informou em Bagdá o coronel Steve Warren, porta-voz do Pentágono.

"Ele ajudou a desenvolver um sistema que acelerou o fluxo de informação aqui do terreno até diferentes capitais", acrescentou.

Estas informações, entre outras, permitiram deter um suspeito e apreender explosivos artesanais.

A Dinamarca condecorou Grimm com a medalha da defesa dinamarquesa por seus "esforços especiais e meritórios".

"O trabalho de Brad salvou vidas de cidadãos dinamarqueses", explicou Warren, que não deu explicações precisas sobre o atentado planejado.

A Dinamarca é um membro ativo da coalizão militar, que tem cerca de 65 países e é liderada pelos Estados Unidos e que combate o grupo extremista Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos