Prefeitura é dissolvida por vínculos com a máfia na Itália

Roma, 21 Abr 2016 (AFP) - O governo italiano ordenou dissolver por vínculos com a máfia a prefeitura de Brescello, na região da Emília-Romanha (centro), conhecida pela filmagem da série Don Camilo e Pepón, que relata as aventuras de um padre de um povoado e do prefeito comunista.

A decisão foi tomada na quarta-feira durante uma reunião do gabinete de governo e afeta um município de uma região próspera, que foi governada por décadas pela esquerda italiana.

Segundo o diário La Repubblica, é a primeira vez que os governantes de um município de Emília-Romanha, região conhecida pelo alto nível de desenvolvimento agro-industrial, são acusados de manterem conexões com a máfia.

A localidade de Brescello, imortalizada pela série com Fernandel no papel de Don Camilo, é um pequeno povoado de 5.600 habitantes, dos quais 400 procedem da Calábria, no sul da Itália, o berço da 'Ndrangheta, a temida máfia calabresa.

Há 15 meses, uma operação da polícia conduziu à detenção de mais de 160 pessoas acusadas de pertencer à 'Ndrangheta, das quais uma centena residia em Emília-Romanha.

Segundo as autoridades locais, famílias de um conhecido chefe da 'Ndrangheta se estabeleceram em Brescello há vinte anos para investir em empresas locais de bens imóveis e firmas com interesses na adjudicação de obras públicas, conseguindo penetrar setores-chave da administração pública.

bur-kv/mb/pr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos