Cameron: acordo comercial EUA-UE pode gerar "bilhões" às economias

Londres, 22 Abr 2016 (AFP) - A dois meses do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia no dia 23 de junho, o primeiro-ministro britânico David Cameron disse nesta sexta-feira que um acordo comercial UE-Estados Unidos seria muito lucrativo para as duas economias.

"Traria bilhões a nossas economias e seria um exemplo a ser seguido pelo resto do mundo", disse Cameron em coletiva de imprensa com o presidente americano Barack Obama.

arb-al/eg/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos