Colômbia entrega ajuda humanitária ao Equador após terremoto que deixa 654 mortos

Manta, Equador, 24 Abr 2016 (AFP) - O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, entregou, neste domingo, 25 toneladas de alimentos e mantimentos para os atingidos pelo potente terremoto que devastou a costa equatoriana há uma semana e visitou junto a seu homólogo do Equador, Rafael Correa, zonas afetadas.

"Colocamos um grão de areia com a ajuda que está aqui presente: cerca de 25 toneladas, quatro voos (logísticos), dois barcos que chegaram com água, com alimentos", disse Santos em uma declaração de imprensa depois de percorrer zonas destruídas na cidade de Manta, província de Manabí (oeste).

O governante também expressou suas "condolências" a todas as famílias das mais de 600 vítimas desta tragédia", entre as quais encontram-se 11 colombianos.

Os líderes se reuniram em Manta, de longe a área mais afetada pelo terremoto de 7,8 graus que sacudiu o Equador no último 16 de abril, deixando até o momento 654 mortos e 58 desaparecidos, segundo o último balanço oferecido pelo presidente Correa.

"Hoje mais do que nunca queremos agradecer a você, à Colômbia por toda esta solidariedade, o que de fato é realmente impressionante", declarou Correa antes de se despedir de seu colega colombiano.

O terremoto, que em um minuto destruiu balneários do Pacífico, também deixa 16.601 feridos e 25.640 desabrigados.

bur-pld/jm/val/pr/cc

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos