Ban Ki-moon pede para agendar em breve nova data para eleições no Haiti

Nações Unidas, Estados Unidos, 25 Abr 2016 (AFP) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou nesta segunda-feira sua "profunda preocupação" com o novo adiamento para a segunda rodada da eleição presidencial no Haiti e reivindicou que se agende em breve uma nova data para as eleições.

As autoridades tinham marcado o domingo, 24 de abril, para celebrar as eleições, mas a convocação foi adiada e até agora não tinha sido marcada uma nova data.

Ban expressou seu "forte apoio à realização, sem novos adiamentos, das eleições de 2015 e pediu a todos os atores sociais do Haiti a assegurar um pronto retorno à ordem constitucional", em comunicado lido por seu porta-voz.

As eleições presidenciais no Haiti foram celebradas em 25 de outubro passado, mas nenhum dos candidatos obteve a metade mais um dos votos, e por isso foi convocado um segundo turno para dezembro, que foi adiado, entre o candidato do governo, Jovenel Moisés (que obteve 32,76% dos votos) e o opositor Jude Celestin (25,29%).

O adiamento em dezembro foi denunciado como um "golpe de Estado eleitoral" pela oposição que responsabilizou o então presidente Michel Martelly, que concluiu seu mandato em 7 de fevereiro, sem eleger seu sucessor.

Em 14 de fevereiro, o presidente do Senado Jocerlerme Privert assumiu como presidente interino para um período de três meses, nos quais se esperava a realização do pleito.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos