Credores pedem embargo de nova emissão de títulos da Argentina

Nova York, 26 Abr 2016 (AFP) - Um grupo de credores que não aceitou a oferta da Argentina sobre a dívida em default desde 2001 pediu nesta segunda-feira a um juiz dos Estados Unidos que embargue o dinheiro obtido com a recente emissão de títulos do país.

O pedido foi apresentado por Mohammad Ladjevardian e outros queixosos que alegam ter uma sentença favorável, envolvendo "cerca de 56 milhões de dólares" de parte do juiz federal de Nova York Thomas Griesa.

"Os queixosos solicitam, respeitosamente, que o tribunal admita sua moção para emitir ordens de execução e arresto contra Argentina e JPMorgan do valor obtido com a oferta de bônus 2016 que não foi utilizado para pagar os acordos e assim satisfazer as sentenças de longo prazo dos demandantes", acrescentou.

Na sexta-feira passada, a Argentina saiu de um default de 15 anos, ao pagar aos fundos especulativos e a outros credores com dólares obtidos no mercado. Com isso, o juiz Griesa anulou as restrições impostas ao país por ignorar uma sentença.

No total, a Argentina pagou na sexta-feira US$ 9,3 bilhões, apenas parte dos US$ 16,5 bilhões obtidos com uma nova emissão de títulos da dívida.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos