Novos bombardeios na província síria de Aleppo deixam 19 mortos

Alepo, Síria, 26 Abr 2016 (AFP) - Ao menos 19 pessoas morreram nesta terça-feira em novos bombardeios contra as zonas rebeldes da cidade de Aleppo e em outra cidade da província, na região norte da Síria, anunciaram os serviços de emergência.

Os ataques acontecem um dia depois dos bombardeios rebeldes contra os bairros controlados pelo regime na zona oeste de Aleppo, que também deixaram 19 mortos.

Nesta terça-feira, 14 civis morreram nos ataques contra os bairros rebeldes, na zona leste da cidade, dividida em duas desde julho 2012, segundo as equipes da Defesa Civil.

Cinco funcionários da Defesa Civil morreram em um ataque aéreo contra sua sede em Atareb, cidade ao oeste de Aleppo, controlada por rebeldes islamitas, anunciou organismo no Twitter.

Não estava claro se os ataques em Atareb, a 35 km de Aleppo, foram executados pela aviação síria ou por seus aliados russos.

No total, desde sexta-feira 100 civis morreram na cidade, onde a artilharia dos dois lados e a aviação do regime abre fogo contra os habitantes.

Os bombardeios deixam em perigo o cessar-fogo em vigor desde 27 de fevereiro, apoiado por Estados Unidos e Rússia, para tentar acabar com um conflito que matou mais de 270.000 pessoas em cinco anos.

str-rh/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos