Rei da Espanha comunica ao Parlamento a necesidade de novas eleições

Madri, 26 Abr 2016 (AFP) - O rei Felipe VI da Espanha comunicou nesta terça-feira ao Parlamento que, na falta de um candidato para a chefatura do Governo, será necessário dissolver as câmaras e convocar novas eleições legislativas, seis meses depois das já realizadas.

O comunicado foi feito após o fracasso de uma proposta de última hora para a formar um governo de coalizão de esquerdas.

"O rei comunicou ao senhor presidente do Congresso, Don Patxi López Álvarez, que não formula uma proposta de candidato à presidência do governo", informou a Casa Real em um comunicado, referindo-se ao artigo da Constituição que estabelece que, neste caso, devem ser realizadas novas eleições.

A Espanha, bloqueada politicamente há quatro meses por um governo em funções incapaz de tomar decisões relevantes, viveu nesta terça-feira algumas horas de esperança de evitar novas eleições que prolongarão a falta de um executivo ao menos três a quatro meses.

bur-acc/mck/lmm/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos