Grécia quer reunião da UE para facilitar negociações com credores

Atenas, 27 Abr 2016 (AFP) - O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras pedirá nesta quarta-feira ao presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, uma reunião extraordinária para facilitar as negociações com os credores, a UE e o FMI, informou uma fonte governamental.

A decisão foi revelada poucas horas depois do anúncio do adiamento de uma reunião extraordinária dos ministros das Finanças da Eurozona (Eurogrupo) que estava prevista para quinta-feira.

De acordo com o porta-voz do presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, que anunciou o adiamento na madrugada desta quarta-feria, "é necessário mais tempo" para concluir a avaliação das reformas que os credores desejam de Atenas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos