Bombardeio atinge clínica na zona rebelde de Aleppo (defesa civil)

Alepo, Síria, 29 Abr 2016 (AFP) - Várias pessoas, entre elas um enfermeiro, ficaram feridas nesta sexta-feira em um bombardeio que atingiu uma clínica na zona rebelde da cidade síria de Aleppo, indicou à AFP a defesa civil.

Este ataque, que provocou graves danos no edifício, é registrado mais de 24 horas depois de um bombardeio contra um hospital apoiado pela ONG Médicos Sem Fronteiras (MSF), nesta mesma zona rebelde, que deixou dezenas de mortos, incluindo crianças e médicos.

Esta clínica está situada no bairro de Al Marja, no leste de Aleppo, sob controle rebelde, e estava em operação há cinco anos.

Mais de 200 civis morreram em uma semana desde 22 de abril nas zonas pró-governamentais e rebeldes de Aleppo, a segunda cidade da síria, em uma escalada de violência que coloca em risco a trégua em vigor desde o fim de fevereiro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos