Cliente processa Starbucks por fraude nos EUA e pede US$ 5 milhões

Washington, 3 Mai 2016 (AFP) - Uma cliente de Chicago (Illinois, norte) entrou com uma ação contra a Starbucks de mais de US$ 5 milhões, acusando a rede de cafés servir menos do que o anunciado nas bebidas que comercializa, obrigando seus consumidores a pagar mais do que o devido.

Alegando propaganda enganosa e fraude contra o consumidor, Stacy Pincus acusa a maior rede mundial de café de servir aos seus clientes "muito menos do que o anunciado e, em alguns casos, menos da metade da bebida" informada no menu, que seria completada com gelo. A ação visa a se tornar coletiva.

"De fato, a Starbucks instrui seus funcionários a servir aos clientes menos líquido do que o anunciado", alega a demandante.

A Starbucks rechaçou a alegação, qualificando-a de "frívola e sem fundamento".

"Nossos clientes entendem e esperam que o gelo seja um componente especial de toda bebida 'gelada'", defendeu-se o grupo em um comunicado. "Se um cliente não está satisfeito com o preparo de sua bebida, com prazer a substituiremos", continuou.

A Starbucks, que tem mais de 23.000 cafeterias em todo o mundo, anunciou um lucro líquido de 19,2 bilhões de dólares no ano fiscal de 2015 - um aumento de 16,5% com relação ao ano anterior.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos