Epidemia de morte de carvalhos na Califórnia por fungo está fora de controle

Washington, 2 Mai 2016 (AFP) - A morte repentina de milhões de carvalhos no estado americano da Califórnia, provocada por um fungo venenoso detectado pela primeira vez em 1995 perto da cidade de San Francisco, está fora de controle, alertaram cientistas.

Utilizando um modelo matemático, um grupo de pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, concluiu que, dada a extensão do problema, não é viável economicamente tratar as árvores com produtos químicos.

A única possibilidade, afirmam os especialistas em um relatório publicado na revista da Academia Americana de Ciências, seria derrubar todas as árvores infectadas e suas vizinhas, mesmo que não apresentem sintomas.

Esta opção, no entanto, não seria eficaz. "Inclusive se gastássemos enormes quantidades de dinheiro para conter a epidemia, começando agora, nosso modelo indica que esta não poderia ser controlada", aponta Nik Cunniffe, um dos principais autores do estudo.

Além dos carvalhos, o 'Phytophthora ramorum', um tipo de fungo relacionado com as manchas nas batatas, afeta mais de uma centena de espécies de árvores e arbustos, o que representa um risco significativo para a biodiversidades dos ecossistemas.

A morte de milhões de carvalhos nos últimos 20 anos também ajudou a aumentar o risco de incêndios florestais, um problema frequente na Califórnia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos