Um morto e 23 feridos em atentado contra o exército turco

Diyarbakir, Turquia, 2 Mai 2016 (AFP) - Um soldado morreu e 23 pessoas ficaram feridas em um atentado com carro-bomba contra as forças oficiais em Diyarbakir, cidade de maioria curda no sudeste da Turquia, cenário de vários ataques recentemente, anunciou o Estado-Maior.

O atentado aconteceu no domingo à noite e teve como alvo o quartel-general da polícia de Dicle (província de Diyarbakir), segundo o exército, que atribuiu o ataque aos rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

No sudeste da Turquia foram registrados vários ataques no domingo: um carro-bomba explodiu diante de uma delegacia na cidade de Gaziantep, perto da fronteira com a Síria, o que matou dois policiais e deixou 22 feridos. Três soldados morreram em uma emboscada nesta região de maioria curda, onde o exército executa uma operação militar contra os rebeldes do PKK.

O comandante militar do PKK, Cemil Bayik, afirmou na semana passada que o grupo estava pronto para "intensificar" os combates contra as forças de segurança e acusou o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, de provocar uma "escalada".

mb-gkg/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos