Ministro francês reconhece 'risco terrorista' para a Eurocopa

Paris, 3 Mai 2016 (AFP) - A Eurocopa-2016, torneio de futebol realizado na França dos dias 10 de junho a 10 de julho "representa um risco", admitiu o ministro do Interior Bernard Cazeneuve, ressaltando que grupos terroristas ainda podem ter o país como "alvo".

"Este grande evento festivo de âmbito internacional representa um risco, não podemos negar, em razão das capacidades que grupos têm de ver nosso país como alvo. É importante que tenhamos todos os recursos necessários para lidar com esse risco", afirmou Cazeneuve diante de uma comissão do Senado.

Na quarta-feira, será apresentada diante no Conselho dos Ministros uma proposta para prorrogar por mais dois meses o estado de emergência decretado depois dos atentados de Paris, em 13 de novembro.

"Não podemos achar que estamos a salvo, nem considerar que o perigo iminente que justificou, em novembro, a proclamação do estado de emergência, já não existe mais", alertou o ministro.

"Apesar disso, não vamos parar de viver como uma grande nação", ponderou.

A Eurocopa, maior torneio de seleções do continente, reúne pela primeira vez equipes de 24 países, ao invés de 16 nas edições anteriores.

pta-mig/tmo/cam/lg

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos