Governo do Iêmen e rebeldes retomarão as negociações

Cidade do Kuwait, 4 Mai 2016 (AFP) - O governo do Iêmen e os rebeldes retomarão nesta quarta-feira as negociações no Kuwait, interrompidas durante três dias, depois que o governo protestou por supostas violações da trégua por parte dos insurgentes, anunciou a ONU.

Os contatos, iniciados em 21 de abril, foram suspensos no domingo, depois que a delegação do governo se retirou da mesa de negociações e acusou os rebeldes xiitas huthis de assumirem, o controle da base de Al-Amliqa, ao norte de Sanaa, um dia antes, em violação ao cessar-fogo.

O reinício das negociações foi anunciado em um comunicado pelo emissário da ONU para o Iêmen, Ismail Ould Cheikh Ahmed.

Este será o segundo encontro frente a frente das duas partes desde sábado, em uma negociação que pretende acabar com um conflito que deixou 6.400 mortos, 30.500 feridos e 2,8 milhões de deslocados em pouco mais de um ano, de acordo com a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos