Principal empresa suíça de defesa víima de hackers

Genebra, 4 Mai 2016 (AFP) - Hackers infectaram com um software espião os sistemas da principal empresa de defesa e indústria aeroespacial suíça, informou um comunicado do ministério da Defesa.

Os serviços de inteligência informaram em janeiro à procuradoria que suspeitavam que os computadores da sociedade Ruag haviam sido infectados com um software espião e desde 25 de janeiro foi aberta uma investigação judicia, segundo a fonte.

De acordo com os primeiros elementos da investigação, o ataque começou em dezembro de 2014.

Ruag é um conglomerado controlado em sua totalidade pelo Estado suiço que produz parte dos foguetes europeus Ariane, peças para aviões militares e civis e munições de pequeno calibre.

Em 2015, fatutou 1,54 bilhão de euros e emrpega mais de 8.200 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos