EUA: presidente da Câmara de Representantes foge de apoio a Trump

Washington, 5 Mai 2016 (AFP) - O presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o republicano Paul Ryan, admitiu nesta quinta-feira que não está pronto para apoiar Donald Trump como o candidato do partido à corrida pela Casa Branca.

"Não estou pronto para fazer isso ainda", afirmou Ryan, que foi vice na chapa liderada por Mitt Romney que concorreu na eleição de 2012.

Na entrevista à CNN, ele disse esperar ser capaz de apoiar Trump no futuro, desde que o polêmico magnata mostre liderança suficiente para unificar o partido.

"Tem trabalho a fazer", disse Ryan, ressaltando que cabe a Trump começar um processo de aproximação depois de uma agressiva campanha para as primárias, marcada pelos insultos feitos aos rivais.

Em reunião na Virgínia Ocidental nesta quinta à noite, Trump respondeu minutos depois.

"Não estou pronto para apoiar a agenda de Ryan", rebateu, em um comunicado, suavizando em seguida.

"Provavelmente, no futuro, poderemos trabalhar juntos e conseguir um acordo sobre o que é melhor para o povo americano", completou.

Mais cedo, os Bush, a mais proeminente família republicana dos Estados Unidos, recusaram-se a apoiar a candidatura de Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos