Primeiro-ministro turco nega conflito com presidente Erdogan

Ancara, 5 Mai 2016 (AFP) - O primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu, negou nesta quinta-feira qualquer tipo de conflito entre ele e o presidente Recep Tayyip Erdogan, e informou que não se apresentará como candidato para presidir o partido governista Justiça e Desenvolvimento (AKP, islamita-conservador).

"De minha boca jamais saiu qualquer palavra negativa sobre nosso presidente, e jamais vai sair", afirmou o chefe de Governo à imprensa.

A declaração foi dada depois que a imprensa local informou que o AKP celebrará um congresso extraordinário em 22 de maio, quando Davutoglu não se candidataria a um novo mandato.

A decisão foi tomada durante uma reunião extraordinária da direção do AKP em Ancara um dia depois do vazamento da notícia sobre uma ruptura entre Davutoglu e o presidente Recep Tayyip Erdogan, de acordo com uma emissora de televisão.

BA-gkg/an/age/fp/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos