Ataque das forças do regime sírio contra motim em prisão fracassa

Beirute, 7 Mai 2016 (AFP) - O ataque lançado pelas forças de segurança sírias para sufocar um motim na prisão de Hama (centro) fracassou, segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

As forças sírias lançaram na tarde de sexta-feira o ataque contra a prisão de Hama, mas os 800 detidos, que sequestraram dez guardas, "prosseguem seu motim neste sábado, o ataque fracassou", indicou o OSDH.

Os presos protestam desde segunda-feira contra a transferência de alguns deles à prisão militar de Saydnaya, perto de Damasco, onde ocorreram várias mortes de detidos, segundo esta ONG.

A oposição convocou a comunidade internacional a "assumir suas responsabilidades e impedir as represálias do regime contra os detidos", muitos deles presos políticos, segundo o governo francês.

Mais de 200.000 pessoas foram detidas nas prisões do regime sírio desde o início da guerra no país, em 2011, segundo o OSDH.

Milhares delas teriam perecido sob a tortura. O OSDH listou 14.000 destes casos. A guerra na Síria, originada após uma brutal repressão de manifestações pró-democracia, deixou até agora mais de 270.000 mortos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos