Donald Trump diz que partido Republicano não precisa de unidade

Washington, 7 Mai 2016 (AFP) - Um número cada vez maior de dirigentes republicanos se opõe à indicação de Donald Trump como candidato à Casa Branca, mas o bilionário diz que não precisa buscar a unidade do partido.

"O partido tem que estar unificado? Realmente não acho", disse Trump a um programa de TV da rede ABC, que será transmitido no domingo e que divulgou algumas partes da entrevista neste sábado.

"Eu sou muito diferente de todos os outros", acrescentou o magnata do setor imobiliário, que é o único candidato à indicação para as eleições presidenciais de novembro, depois que seus rivais abandonaram a corrida.

O coro anti-Trump é integrado pelos dois últimos presidentes republicanos, George H.W. Bush e seu filho George W. Bush, assim como por Mitt Romney, candidato presidencial em 2012, entre outros.

"Acho que seria melhor se o partido se unificasse, acho que seria algo bom. Mas realmente não acho que tenha que ser assim, no sentido tradicional", opinou.

Trump também disse que espera que alguns eleitores democratas o apoiem nas eleições.

"Vou chegar a milhões de pessoas dos democratas. Vou conseguir que os eleitores de Bernie (Sanders) votem em mim", afirmou, se referindo ao principal rival da favorita à nomeação democrata, a ex-secretária de Estado Hillary Clinton.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos