Universidade tailandesa descobre esquema de fraude para ingressar no curso de Medicina

Bangcoc, 9 Mai 2016 (AFP) - Uma universidade tailandesa cancelou o concurso de admissão à escola de medicina após a descoberta de um sofisticado dispositivo de fraude.

O reitor da Universidade Rangsit anunciou a decisão depois da descoberta de que três estudantes haviam fotografado com seus óculos as perguntas do exame de admissão e enviado por meio de relógios conectados a cúmplices no exterior, que os transmitiram de volta as respostas.

Este dispositivo custou 800.000 baht (cerca de 23.000 dólares), indicou o reitor da instituição, Arthit Ourairat, que postou fotos da engenhoca no domingo à noite em sua conta do Facebook.

O caso foi amplamente discutido nas redes sociais do país.

Alguns internautas expressaram sua preocupação com o fato de que os beneficiários da fraude poderiam um dia exercer a medicina, mas outros admiraram a engenhosidade tecnológica dos autores.

"Parece coisa de Hollywood, ou Missão Impossível", escreveu um deles.

tp-tib/at/js/ra/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos