Ataque a acampamento de deslocados mata seis civis no Sudão

Cartum, 10 Mai 2016 (AFP) - Seis civis, incluindo duas crianças, foram mortos em um ataque por homens armados em um acampamento de deslocados em Darfur, uma região do oeste do Sudão, informaram nesta terça-feira uma testemunha e uma autoridade da ONU.

Um membro da missão conjunta das Nações Unidas e da União Africana em Darfur (Minuad) foi ferido neste ataque.

Armados com metralhadoras e lança foguetes, membros de tribos locais atacaram na segunda-feira em duas ocasiões o acampamento de Sortoni, lar de dezenas de milhares de pessoas que fugiram dos combates entre o exército e os combatentes rebeldes, indicou à AFP um habitante do acampamento.

Em um comunicado, a coordenadora humanitária da ONU no Sudão, Marta Ruedas, "condenou o ataque e a morte de seis civis, incluindo duas crianças, realizado em Sortoni por membros tribos locais".

De acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (Ocha), a tensão aumentou "entre os deslocados e tribos locais por causa de roubo de gado".

Mais tarde, a Minuad indicou em um comunicado a detenção de membros desta missão de "dois supostos atacantes", que foram entregues às autoridades.

O estado de Darfur é afetado pela violência desde 2003, quando rebeldes pegaram em armas para denunciar o que consideravam sua marginalização pelas elites árabes, que dominam o governo do presidente Omar el Bechir, no poder desde um golpe de Estado em 1989.

jds/rb/vl/eg/lmm./mr/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos