Grupo EI corta via estratégica entre Homs e Palmira na Síria

Beirute, 10 Mai 2016 (AFP) - O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) conseguiu cortar nesta terça-feira uma via estratégica entre a cidade síria de Homs e Palmira, poucas semanas depois de o exército, apoiado pela aviação russa, conseguir recuperar a cidade histórica, informou uma ONG.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) relatou que o EI conseguiu interromper a via entre Homs e Palmira em um ponto próximo ao aeroporto militar de Tayfur, após um ataque lançado do leste de Homs.

As duas cidades estão sob controle do regime de Bashar al Assad depois que, no fim de março, suas tropas conseguiram recuperar Palmira, cidade inscrita pela Unesco como parte do Patrimônio da Humanidade.

"O Daesh (acrônimo em árabe para designar o EI) conseguiu cercar Palmira por todos os lados, exceto pelo sudoeste", indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, informando que a posição mais próxima entre o grupo e a cidade antiga fica a 10 km.

"A via cortada pelo EI é a rota principal entre Homs e Palmira, mas não é a única", acrescentou.

Desde 2011, a guerra civil na Síria deixou mais de 270.000 mortos e forçou milhões de pessoas a fugir de suas casas.

bur-ah/abk/fjb/an/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos