Satélites não mostram iminência de teste nuclear na Coreia do Norte

Seul, 11 Mai 2016 (AFP) - As recentes imagens de satélite mostram que não há indícios de que Coreia do Norte vá realizar novos testes nucleares de forma iminente, após a conclusão do Congresso do Partido dos Trabalhadores, que se temia seria coroado com uma detonação atômica.

Segundo análises do Instituto Coreano-Americano da Universidade Johns Hopkins, com sede em Seul, imagens obtidas em 8 de maio revelam um baixo nível de atividade no complexo de detonações de Punggye-ri, o principal sítio norte-coreano de testes nucleares, situado no nordeste do país.

"O encontro acabou e não há sinais aparentes de que vá haver uma detonação no futuro imediato", assinalou o Instituto.

A Coreia do Norte já realizou quatro testes nucleares. O último ocorreu no dia 6 de janeiro, e Pyongyang garantiu se tratar de uma bomba de hidrogênio.

Em seu discurso de abertura do Congresso, Kim Jong-un celebrou este teste "histórico" que demonstra o "invencível espírito" da Coreia do Norte diante da "malévola pressão e das sanções das forças inimigas".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos