Acordo migratório UE-Turquia em momento perigoso, diz ministro turco

Estrasburgo, França, 11 Mai 2016 (AFP) - O acordo migratório entre a União Europeia e a Turquia, destinado a frear a chegada de migrantes à Europa, está num "momento muito perigoso", advertiu o ministro para Assuntos Europeus turco, Volkan Bozkir, nesta quarta-feira.

"Todos os acordos que alcançamos até agora (...) estão num momento muito perigoso", disse Bozkir em uma coletiva de imprensa em Estrasburgo (leste da França) à margem de uma sessão plenária do Parlamento Europeu, em referência às exigências europeias para conceder uma isenção de vistos aos turcos.

De acordo com Bozkir, seu governo cumpriu os termos do acordo, enquanto Bruxelas considera que Ancara ainda tem de cumprir cinco condições antes de os turcos poderem entrar livremente na Europa.

"Não é um problema matemático. É um problema político", afirmou Bozkir, referindo-se a estas cinco condições durante a visita ao Parlamento Europeu.

"A nossa interpretação é que cumprimos as expectativas", acrescentou.

A União Europeia quer, entre outras exigências, que a Turquia altere a sua lei antiterrorismo, o que o presidente Recep Tayyip Erdogan rejeita.

"Esta mudança na lei antiterrorismo é completamente impossível. Acreditamos que a nossa lei é adequada aos padrões europeus", acrescentou o ministro.

A questão dos vistos para os turcos fez parte das negociações para o acordo entre Ancara e UE para controlar o fluxo maciço de refugiados, que entrou em vigor em 18 de março.

ab-pa/eg/ma/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos