Opositor sírio condenado a sete anos de prisão na Suécia

Estocolmo, 11 Mai 2016 (AFP) - Um opositor sírio de 29 anos refugiado na Suécia foi condenado nesta quarta-feira em Estocolmo a sete anos de prisão por violência voluntária contra um compatriota na Síria em 2012.

O condenado havia espancado com cassetetes e chicotes, junto a quatro cúmplices, um homem identificado como um militar sírio, que tinha os pés e mãos amarrados..

A vítima, atualmente na Turquia, reconheceu o condenado em um vídeo divulgado por ele na internet para provar que combatia o governo de Bashar al-Assad.

O refugiado sírio havia sido condenado em um primeiro julgamento a cinco anos de prisão.

Mas a justiça decidiu realizar um segundo julgamento após a divulgação da identidade da vítima, que quando foi agredida já não formava parte do exército sírio e integrava as fileiras da oposição.

A vítima, localizada por um jornalista, apresentou uma demanda ante a justiça sueca, que condenou seu agressor a pagar 29.000 euros (33.000 dólares) por perdas e danos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos