Deputado alemão lê poema de insultos contra Erdogan no Parlamento

Berlim, 12 Mai 2016 (AFP) - Um deputado do partido conservador de Angela Merkel leu nesta quinta-feria no Parlamento um poema satírico contra o presidente turco Recep Tayyip Erdogan que pode custar ao seu autor um processo por insultar um dignitário estrangeiro.

Detlef Seif leu o texto com o objetivo de denunciar seu conteúdo, que descreve o dirigente turco como pedófilo e zoófilo. "A honra de uma pessoa está sob ataque aqui e a justiça deve decidir se estas declarações ainda estão amparadas pela liberdade de expressão e de imprensa", disse.

"Mas percebam (...), se coloquem no lugar de Erdogan e reflitam sobre como vocês encarariam isso!", declarou o deputado durante um debate no Bundestag, a câmara baixa do Parlamento alemão, deixando os presentes boquiabertos.

Seu discurso foi divulgado pela televisão e está disponível no site do Bundestag.

Em meados de abril, Merkel tentou encerrar este caso, que produziu mal-estar nas relações com a Turquia num momento em que a chanceler precisa da colaboração de Ancara para frear o fluxo de migrantes que chega à Alemanha.

A pedido de Erdogan, Merkel autorizou um insólito processo judicial contra o humorista Jan Bohermann, autor da sátira, por supostos insultos a um líder estrangeiro.

O humorista reagiu ante a leitura de seu poema no Parlamento exigindo que seja aberto um processo contra o político conservador.

"Solicito aqui que seja retirada a imunidade parlamentar do deputado do CDU Detlef Seif por infração do artigo 103 do código penal", que trata sobre os insultos a autoridades estrangeiras, escreveu o humorista no Twitter.

No dia 31 de março, Jan Böhermann leu este poema na rede de televisão pública ZDF.

Consciente do que o direito alemão autoriza, o comediante pretendia demonstrar, mediante o absurdo, como o poder turco se equivocava ao agir contra outro texto, uma canção divulgada 15 dias antes na televisão alemã que criticava a situação das liberdades públicas na Turquia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos