Atentado do Estado Islâmico em centro policial do Iêmen mata 25 recrutas

Em Aden (Iêmen)

Ao menos 25 recrutas morreram neste domingo (15) e quase 60 ficaram feridos em um atentado suicida contra um centro policial no sudeste do Iêmen.

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou o atentado cometido no subúrbio de Mukalla, capital da província de Hadramut.

Um homem-bomba se infiltrou entre vários jovens reunidos na unidade policial e detonou os explosivos, informou uma fonte do governo provincial.

As autoridades anunciaram um balanço de 25 mortos e quase 60 feridos, alguns deles em estado grave. Este foi o segundo grande ataque do EI na região de Hadramut nos últimos dias.

Na quinta-feira, o EI reivindicou três atentados suicidas contra o exército iemenita em Jalf, ao leste de Mukalla, que mataram 15 pessoas.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos