Líder das Farc convida Uribe a conversar sobre o futuro da Colômbia

Havana, 15 Mai 2016 (AFP) - O principal líder das Farc, Timoleón Jiménez (Timochenko), convidou no sábado o ex-presidente colombiano Álvaro Uribe, grande opositor das negociações de paz, a conversar em Havana ou na Colômbia sobre o futuro do país.

"Presidente Uribe, estamos dispostos a conversar tranquilamente com o senhor sobre o futuro de nossa nação, em Havana ou no local da Colômbia de sua preferência, contando desde já com garantias de segurança suficientes para nossa viagem e estadia em solo pátrio", escreveu Jiménez em uma carta dirigida a Uribe.

No texto, Timochenko afirma que "a paz merece deixar para trás orgulhos" e destaca que "com ódios não se chega a nenhum lugar".

"Queremos o senhor sentado à Mesa da Reconstrução e Reconciliação Nacional".

O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia defende o diálogo, depois que o ex-presidente convocou os colombianos a uma "resistência civil" aos acordos que podem ser assinados entre o governo e o grupo rebelde em Cuba.

Ex-presidente (2002-2010) e atual senador, Uribe é o mais ferrenho opositor ao governo do presidente Juan Manuel Santos e, em particular, ao diálogo que seu governo mantém com as Farc, em Cuba, desde 2012.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos