França investiga aparecimento de menores em vídeo de execução do EI

Paris, 16 Mai 2016 (AFP) - A justiça francesa abriu uma investigação após a disseminação pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) de um vídeo em que dois menores, apresentados como franceses, teriam executado prisioneiros sírios, informaram fontes judiciais nesta segunda-feira.

O vídeo de 14 minutos, intitulado "Os passos de meu pai" e divulgado no domingo, apresenta um adolescente que assegura ter vivido na França e ser "filho de um combatente francês morto como mártir", assim como um menor mais jovem.

Uma fonte próxima à investigação indicou que ainda não havia podido certificar-se nem da identidade, nem da nacionalidade dos menores.

A investigação foi aberta no domingo por apologia ao terrorismo, homicídio praticado por crime organizado e associação criminosa em relação a uma empresa terrorista.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos