Japão promete cooperação com a França sobre Tóquio-2020

Tóquio, 16 Mai 2016 (AFP) - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prometeu que o país vai cooperar com a justiça francesa, que investiga acusações de corrupção no processo de escolha de Tóquio como a sede dos Jogos Olímpicos de 2020, informou a agência de notícias Jiji.

"Ordenei ao ministro da Educação e dos Deportes que coopere plenamente com a investigação", disse Abe ao Parlamento, segundo a agência.

Abe afirmou que o ministro Hiroshi Hase disse ao Comitê Olímpico Japonês e ao comitê de candidatura da cidade que cooperem com a investigação.

A justiça francesa investiga desde dezembro suspeitas de corrupção na escolha das sedes dos Jogos Olímpicos de 2016 (Rio de Janeiro) e 2020 (Tóquio).

As suspeitas se referem a pagamentos que chegaram a 1,3 milhão de euros - que poderiam ter como origem a candidatura de Tóquio - para a empresa Black Tidings de Papa Massata Diack, um dos filhos Lamine Diack, ex-presidente da Federação Internacional de Atletismo, segundo uma denúncia do jornal britânico The Guardian confirmada à AFP por uma fonte próxima à investigação.

O presidente do Comitê Olímpico Japonês, Tsunekazu Takeda, que também presidiu a candidatura da capital japonesa, afirmou na semana passada que as denúncias eram infundadas e que os pagamentos eram "remunerações legítimas de um consultor".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos