Campos petrolíferos são evacuados no oeste do Canadá por incêndios

Montreal, 17 Mai 2016 (AFP) - Vinte campos de empresas petrolíferas estão sendo evacuados desde a noite de segunda-feira em um raio de 50 km ao norte de Fort McMurray (Alberta, oeste do Canadá) devido aos incêndios que seguem ativos, indicou o centro de crise.

A ordem de evacuação obrigatória foi dada na segunda-feira às 22h00 locais (01h00 de Brasília desta terça-feira) para todos os campos-base onde vivem os trabalhadores e para as próprias instalações petrolíferas entre Fort McMurray e alguns quilômetros ao sul de Fort MacKay.

Os avisos de evacuação afetam cerca de 8.000 pessoas, de acordo com o município regional de Wood Buffalo.

Na manhã desta terça-feira, milhares de funcionários de companhias petrolíferas e empresas de serviços que operam nos campos petrolíferos continuavam sendo evacuados ao norte devido ao bloqueio da estrada 63, que se dirige ao sul.

A primeira-ministra de Alberta, Rachel Notley, se referiu na segunda-feira às difíceis condições em toda a zona, com incêndios intensos que produziam uma fumaça espessa, o que estava provocando o atraso no conserto das redes e da infraestrutura em Fort McMurray, evacuado há duas semanas.

No total, cerca de 100.000 pessoas abandonaram a região ao redor de Fort McMurray, e a grande maioria dos funcionários das companhias petrolíferas não retornaram aos campos incluídos na nova ordem de evacuação.

O primeiro grupo petrolífero canadense, Suncor, deteve as operações em suas instalações petrolíferas na zona afetada pela ordem de evacuação pela segunda vez desde o início da crise dos incêndios florestais.

Os funcionários dos campos "sobre Aostra Road e perto das instalações de seu campo principal" foram transferidos "a outras instalações de abrigo mais ao norte", indicou Suncor.

Quinze incêndios florestais seguem ativos em Alberta, três dos quais estão fora de controle. O maior de todos, em Fort McMurray, devastou cerca de 2.900 km2 desde que começou, em 1º de maio.

Este incêndio segue avançando, alimentado pelo clima quente e seco e pelos ventos, que o empurram à fronteira da província vizinha de Saskatchewan, situada a 10 km da linha de fogo, segundo Notley.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos