Donald Trump reafirma que sua fortuna supera US$ 10 bilhões

Washington, 18 Mai 2016 (AFP) - O candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, reafirmou em uma comunicado que sua fortuna supera os 10 bilhões de dólares, um valor duas vezes superior às estimativas realizadas de forma independente.

O bilionário afirmou ter fornecido à Comissão Federal Eleitoral (FEC, na sigla em inglês) sua declaração de renda, documento indispensável para os candidatos a eleições federais.

A declaração deve enumerar as empresas nas quais a pessoa tem mandatos ou ações, assim como indicar seus ativos e dívida. Os valores exatos não aparecem no documento, que apenas aponta a propriedade na maioria das categorias, o que torna impossível qualquer estimativa independente da fortuna líquida do candidato.

"Já levei minha declaração de renda pessoal, e estou orgulhoso de que seja a maior da história da FEC", declarou Trump em um comunicado, no qual afirma também que não pediu uma prorrogação para apresentar, como fez o pré-candidato democrata Bernie Sanders.

"É a diferença entre um homem de negócios e os políticos ineptos e adeptos ao blá blá blá", destacou Trump.

Em julho do ano passado, Trump entregou uma declaração na qual listava mais de 500 sociedades e declarava uma renda de 362 milhões de dólares em 2014 (sem contar dividendos, interesses, direitos autorais e rendimentos).

Desta vez, o empresário declarou renda de 557 milhões, sem confirmar que esta declaração cubra o período de 2015. O documento, que ainda não é público, tem 104 páginas, segundo Trump.

"O patrimônio líquido de Trump aumentou desde sua última declaração, em julho de 2015. Atualmente, o patrimônio líquido do senhor Trump ultrapassa 10 bilhões de dólares", informou sua equipe em um comunicado.

Este documento não é, no entanto, a declaração de renda que os candidatos à presidência divulgam por vontade própria.

Trump se recusa a publicar sua declaração de imposto de renda antes do fim das auditorias das quais é alvo, o que lhe rende críticas tanto de democratas como de personalidades republicanas, como Mitt Romney, que disse que Trump tinha algo a esconder.

De acordo com uma estimativa da revista Forbes, divulgada na terça-feira, a fortuna de Trump é de 4,5 bilhões de dólares.

Ao mesmo tempo, Bill e Hillary Clinton publicaram suas declarações de renda. Entre os dois, arrecadaram 6,75 milhões de dólares com palestras remuneradas, de acordo com a imprensa americana.

Documentos de campanha citados pelo canal ABC News mostram que Hillary Clinton deu seis conferências no ano passado, com uma remuneração total de 1,47 milhão de dólares, enquanto seu marido recebeu US$ 5,25 milhões por 22 conferências.

Hillary Clinton não deu mais palestras desde que anunciou sua campanha pela indicação democrata para disputar a presidência dos Estados Unidos, em abril do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos