Quatro soldados turcos morrem em explosão de bomba no sudeste do país

Diyarbakir, Turquia, 18 Mai 2016 (AFP) - Quatro soldados foram mortos e nove ficaram feridos nesta quarta-feira pela explosão de uma bomba na passagem de seu comboio no sudeste predominantemente curdo da Turquia, informou o exército, atribuindo o ataque ao Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

A bomba caseira explodiu quando o veículo blindado passava por uma estrada entre Semdinli e Aktükün, na província de Hakkari, na fronteira com o Iraque e o Irã, informou o Estado-Maior em um comunicado.

Os feridos, incluindo quatro em estado grave, foram levados ao hospital, segundo o exército.

Oito soldados foram mortos e outros oito ficaram feridos na sexta-feira na província de Hakkari durante uma operação militar contra o PKK, de acordo com o Estado-Maior.

Um soldado também foi morto nesta quarta na província de Mardin, também no sudeste da Turquia, pelo PKK, de acordo com o exército.

O sudeste de maioria curda da Turquia vive ao ritmo de combates diários entre as forças de segurança turcas e os rebeldes desde a retomada das hostilidades, no verão passado, e que significou o fim das negociações de paz entre Ancara e o PKK.

As operações lançadas pelo exército para neutralizar os militantes do PKK, que ergueram barricadas em várias cidades do sudeste e proclamaram uma "revolta urbana", mataram dezenas de civis e provocaram o êxodo de dezenas de milhares de outros.

Centenas de rebeldes foram mortos em confrontos com as forças de segurança, que também sofreram muitas perdas em suas fileiras.

mb-gkg/abk/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos