FMI concede ao Iraque empréstimo de 5,4 bilhões de dólares

Bagdá, 19 Mai 2016 (AFP) - O Iraque chegou a um acordo com o FMI nesta quinta-feira para a obtenção de um empréstimo de 5,4 bilhões de dólares, o que poderá estimular os doadores a desbloquear ajudas financeiras para o país em crise, informou um comunicado do organismo.

O acordo foi alcançado após uma semana de discussões entre o governo israelense e o Fundo Monetário Internacional (FMI) na Jordânia, informou a mesma fonte.

"Segundo o acordo e à espera da aprovação do conselho de administração do FMI, o Iraque poderá beneficiar-se de um empréstimo do FMI de aproximadamente 5,4 bilhões de dólares", disse o texto.

Para Christian Josz, chefe da missão do organismo no Iraque, o acordo se justifica porque "o Iraque se viu duramente afetado pelo conflito" com o grupo Estado Islâmico (EI) e "pela queda precipitada dos preços do petróleo".

Trata-se de um "programa financeiro e econômico de três anos que permitirá compensar os gastos com os preços do petróleo muito baixos e assegurar a viabilidade da dívida", afirmou em comunicado.

Segundo Josz, a ajuda deve chegar em junho ou julho, "uma vez que as medidas previamente decididas sejam implementadas".

Esse anúncio poderá melhorar a capacidade creditícia do Iraque e atrair investidores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos