Incidente no Parlamento canadense entre premier e opositores

Ottawa, 19 Mai 2016 (AFP) - O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, teve que pedir desculpas na noite desta quarta-feira na Câmara dos Comuns em Ottawa, após ter empurrado involuntariamente uma deputada opositora quando queria pegar outro deputado pelo braço.

O incidente ocorreu quando Trudeau atravessou o plenário para induzir um grupo de deputados da oposição a voltar a seus lugares para votar uma moção visando acelerar o debate sobre um projeto de lei envolvendo o suicídio assistido de doentes terminais.

Ao tentar pegar pelo braço um deputado conservador que discutia com outros legisladores da oposição, Trudeau atingiu a deputada Ruth Ellen Brosseau, do Novo Partido Democrático (NPD, esquerda).

O líder do NPD, Thomas Mulcair, elevou a voz contra o premier e houve uma discussão entre os dois, com Trudeau sendo rapidamente cercado por ministros e deputados do Partido Liberal.

Trudeau voltou finalmente a sua cadeira e pediu desculpas à deputada Brosseau.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos