Mexicana é confirmada à frente das mudanças climáticas da ONU

Paris, 19 Mai 2016 (AFP) - O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, nomeou oficialmente a ex-chanceler mexicana Patricia Espinosa como Secretária-Executiva da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (CMNUCC), anunciou um comunicado do organismo.

Patricia Espinosa, atual embaixadora do México em Berlim, substituirá a partir de julho a costa-riquenha Christina Figueres, indicou o comunicado da CMNUCC.

Espinosa deverá dirigir as negociações para implementar o acordo da conferência sobre as mudanças climáticas COP21 realizada em dezembro em Paris.

"É hora da implementação e da ação, que segundo nos informa a ciência deve ser rápida, decisiva e sustentável", disse Espinosa em uma declaração citada pelo comunicado.

"Também gostaria de felicitar minha querida amiga, a Secretária-Executiva em fim de mandato, Christina Figueres, por seu trabalho extraordinário e pelas conquistas dos últimos seis anos", acrescentou.

O burô da CMNUCC aceitou a nomeação de Espinosa no dia 15 de maio, na véspera do início da convenção da conferência sobre mudanças climáticas realizada durante duas semanas em Bonn, Alemanha.

A conferência de Bonn, que conta com a participação de 195 países, tem por objetivo avançar nos objetivos e ambições do novo acordo universal sobre mudanças climáticas acordado em Paris.

A primeira tarefa de Espinosa será preparar a conferência da ONU sobre mudanças climáticas em Marrakech, Marrocos, de 7 a 18 de novembro, na qual os governos darão passos importantes para implementar o acordo de Paris e aumentar a ambição das ações diante das mudanças climáticas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos