Igreja católica nomeia novo Custódio da Terra Santa

Jerusalém, 20 Mai 2016 (AFP) - A Igreja católica romana anunciou nesta sexta-feira a nomeação do padre franciscano italiano Francesco Patton como novo Custódio da Terra Santa.

Francesco Patton, de 52 anos, substitui o padre Pierbattista Pizzaballa, que foi Custódio durante 12 anos.

O Custódio é o guardião dos lugares santos em nome da Igreja católica, de acordo com uma tradição que remonta a 1219, na época das Cruzadas.

"O padre Francesco Patton nasceu em Vigo Meano, na província e diocese de Trento, em 23 de dezembro de 1963", indicou a Custódia em seu site na internet.

"Fala inglês e espanhol, além de italiano. Obteve em 1993 uma licença de ciências da comunicação na Universidade Pontifícia Salesiana de Roma", acrescentou.

O Custódio é o responsável pela administração e pela mobilização espiritual dos lugares santos, pela formação dos seminaristas e pelas escolas da Custódia.

A função de Custódio é outorgada a um franciscano pelo papa após um processo de consultas à província da Terra Santa (chamada de Custódia da Terra Santa), ao ministério geral dos franciscanos e da Congregação das Igrejas Orientais.

O Custódio é nomeado por um período de seis anos e pode ser ratificado para um novo mandato de três anos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos