Papa recebe cardeal francês acusado de acobertar atos de pedofilia

Cidade do Vaticano, 20 Mai 2016 (AFP) - O papa Francisco recebeu nesta sexta-feira no Vaticano o cardeal francês Philippe Barbarin, acusado de ter acobertado casos de pedofilia e agressões sexuais em sua diocese, informou o porta-voz da Santa Sé.

"Aconteceu uma reunião, algo normal", disse à AFP Federico Lombardi, poucos dias depois de uma defesa do pontífice ao arcebispo de Lyon, ao afirmar que sua demissão seria um "despropósito", em uma entrevista publicada pelo jornal La Croix.

De acordo com o padre Lombardi, o encontro deveria abordar a crise que abala a Igreja da França, mas também questões mais pastorais, como duas peregrinações previstas na região.

O cardeal Barbarin, una das figuras mais influentes da Igreja católica francesa, e outros líderes religiosos estão sendo investigados por não terem denunciado abusos sexuais cometidos por um padre de sua diocese contra jovens escoteiros entre 1986 e 1991.

O padre, que continuou trabalhando até agosto de 2015, foi processado em 27 de janeiro depois de ter admitido os fatos.

Arcebispo de Lyon desde 2002, o monsenhor Barbarin nega ter acobertado os casos, mas em abril admitiu "erros na gestão e nomeação de alguns padres".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos