As datas-chave na relação entre o Reino Unido e a União Europeia

Londres, 22 Mai 2016 (AFP) - O Reino Unido vai às urnas em 23 de junho para decidir se continua na União Europeia - último capítulo de complicadas relações entre Londres e Bruxelas, das quais se apresentam, a seguir, as datas mais importantes:

- 9 de agosto de 1961O Reino Unido apresenta sua primeira demanda formal a integrar a Comunidade Econômica Europeia (CEE), no comando do primeiro-ministro da época, o conservador Harold Macmillan.

- 14 de janeiro de 1963O presidente francês, general Charles de Gaulle, veta a demanda de entrada britânica pela primeira vez.

- 27 de novembro de 1967De Gaulle volta a vetar nova demanda britânica de ingresso na CEE.

- 1º de janeiro de 1973Com De Gaulle fora do Palácio do Eliseu, sede da Presidência francesa, o Reino Unido finalmente entra na CEE, ao lado da Irlanda e da Dinamarca.

- 5 de junho de 1975No primeiro referendo para sair ou permanecer na CEE, os britânicos optam por ficar, com 67% dos votos favoráveis.

- 30 de novembro de 1979Incomodada com a distribuição dos subsídios agrícolas, a então primeira-ministra, Margaret Thatcher, pede a Bruxelas que devolva a contribuição britânica à UE, em um discurso conhecido pela frase: "Quero que devolvam o meu dinheiro!".

- 7 de fevereiro de 1992É assinado o Tratado europeu de Maastricht, que representou um novo avanço à integração europeia. O Reino Unido se afasta do processo e da criação da moeda única, o euro.

- 23 de julho de 1993O então primeiro-ministro, John Major, se submete a uma moção de confiança de seu governo pelo Tratado de Maastricht, em pleno racha em seu partido sobre a Europa. Um cinegrafista o surpreende chamando de "bastardos" seus ministros eurocéticos.

- 20 de abril de 2004O então primeiro-ministro trabalhista Tony Blair, pró-europeu, anuncia a intenção de celebrar um referendo sobre a Constituição Europeia, que acaba não realizando.

- 23 de janeiro de 2013O primeiro-ministro conservador, David Cameron, promete realizar um referendo sobre a UE se vencer as eleições gerais.

- 22 de maio de 2014O partido antieuropeu UKIP vence as eleições europeias com mais de 26% dos votos, faturando 24 assentos no Parlamento europeu.

- 7 de maio de 2015Os conservadores de Cameron vencem novamente as eleições, abrindo o caminho para o referendo.

- 23 de junho de 2016Os britânicos decidirão em um referendo se querem continuar fazendo parte da UE.

jb-kah/al/tjc/avl/mvv

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos