Erupção de vulcão deixa seis mortos na Indonésia

Jacarta, 22 Mai 2016 (AFP) - Seis pessoas morreram na erupção do vulcão Monte Sinabung, na ilha indonésia de Sumatra, informou neste domingo o governo, que teme a descoberta de novas vítimas entre as cinzas.

A erupção começou na tarde de ontem, segundo o porta-voz da agência de catástrofes, Sutopo Purwo Nugroho.

"Nove pessoas ficaram presas nas nuvens quentes. Seis morreram, e outras três estão em estado crítico, com queimaduras", descreveu.

As vítimas estavam cultivando em uma "zona vermelha" de quatro quilômetros em torno do vulcão, onde o acesso é proibido por razões de segurança. Elas ficaram presas nas nuvens formadas por material vulcânico, cuja temperatura pode atingir 700°C

Equipes de resgate continuavam as buscas pelas vítimas no povoado de Gamber, cujos habitantes foram removidos em 2014, devido ao risco de erupção.

"Não se sabe quantas pessoas havia no povoado quando as nuvens quentes começaram a baixar", disse o porta-voz do governo, lembrando que "não deveria ser realizada nenhuma atividade na zona vermelha".

Muitas pessoas que, por segurança, viviam em abrigos temporários decidiram retornar a suas fazendas por razões econômicas, apesar do perigo.

Desde 2013, quando o vulcão Sinabung despertou, milhares de pessoas fugiram. Em 2014, 16 morreram em uma grande erupção.

O Sinabung é um dos 129 vulcões ativos na Indonésia, país localizado no Cinturão de Fogo do Pacífico, onde as atividades sísmica e vulcânica são intensas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos