Base aérea russa na Síria sofreu danos em ataque do Estado Islâmico

Londres, 24 Mai 2016 (AFP) - Uma base aérea usada pelas forças russas na Síria parece ter sofrido danos em um ataque do grupo Estado Islâmico (EI), informou nesta terça-feira a empresa de inteligência americana Stratfor, que se baseou em imagens de satélite.

A informação foi imediatamente negada pelo ministério da Defesa russo, que disse que os danos ocorreram há muito tempo em combates entre as forças sírias e "grupos terroristas".

A Stratfor transmitiu imagens da base aérea T-4, também conhecida como Tiyas, tomadas entre 14 e 17 de maio, que revelam o antes e depois do ataque.

As imagens sugerem que quatro helicópteros e 20 caminhões foram destruídos pelo fogo na base, estrategicamente localizada no centro da Síria, entre as cidades de Palmira e Homs.

"A base aérea T4 foi seriamente danificada em um ataque de artilharia do Estado Islâmico. Em particular, quatro helicópteros de ataque russos Mi-24 foram aparentemente destruídos", indicou Stratfor em seu site.

A aviação russa ajuda o regime de Bashar al-Assad para lutar contra os rebeldes na guerra civil que começou em 2011 e que já deixou mais de 270.000 mortos e forçou milhões de pessoas a deixar suas casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos