Papa pede a Deus a "conversão" de jihadistas

Cidade do Vaticano, 25 Mai 2016 (AFP) - O papa Francisco pediu nesta quarta-feira a Deus que "converta o coração daqueles que semeiam morte e destruição", dois dias depois de uma série de ataques mortais reivindicados pelo grupo Estado Islâmico (EI) na Síria.

Durante sua audiência semanal na Praça São Pedro, o papa rezou para que Deus ofereça "o descanso eterno para as vítimas" e "consolo para seus familiares", após os ataques suicidas que fizeram mais de 150 mortos na segunda-feira em dois redutos do regime sírio.

Jorge Bergoglio observou que quase todas as vítimas eram "civis desarmados", antes de propor aos fiéis reunidos na praça para orar por eles.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), entre os mortos estão pelo menos oito crianças, quatro médicos e enfermeiros, bem como estudantes.

Os ataques foram realizados por homens-bomba ou com carros-bombas em duas cidades habitadas em grande parte por alauitas, a comunidade minoritária à qual pertence o chefe de Estado Bashar al-Assad.

str-lrb/ljm/jh/mr

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos