França: briga na 'Selva' dos migrantes deixa vários feridos

Calais, França, 26 Mai 2016 (AFP) - Cerca de 20 migrantes, um policial e pelo menos três voluntários ficaram feridos nesta quinta-feira, em Pas-de-Calais, norte da França, em uma briga entre mais de 200 refugiados afegãos e sudaneses instalados no que ficou conhecido como "a Selva".

De motivação ainda desconhecida, a confusão explodiu durante a distribuição de refeições no abrigo Jules Ferry, segundo a prefeitura local. A briga se estendeu a um centro de acolhida provisório próximo, informou uma fonte policial.

Os confrontos continuaram na "Selva", onde várias barracas foram incendiadas. Cerca de 15 viaturas dos bombeiros e outros 20 caminhões da Gendarmeria foram enviados para o local. As forças da ordem também usaram gás lacrimogêneo.

"Foram usadas, principalmente, armas brancas. Trata-se, principalmente, de pauladas, e há um ferimento a faca", afirmou a prefeitura do departamento.

Já uma fonte policial disse que há "um ferido por arma de fogo".

A situação se "estabilizou" no fim do dia, completaram as autoridades locais.

Cerca de 4.000 migrantes, segundo a prefeitura, e 5.000, de acordo com as associações, vivem hoje na "Selva" de Pas-de-Calais e seus arredores, na esperança de conseguir chegar à Grã-Bretanha.

As tensões são frequentes, e várias brigas já aconteceram no local, onde vivem refugiados das mais diversas origens. A maioria é proveniente de Síria, Afeganistão e Sudão.

Em meados de março passado, 19 migrantes ficaram feridos em uma briga, também entre refugiados sudaneses e afegãos.

zl-cor-rl/mw/mr/tt

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos