Membro vietnamita da Al-Qaeda é condenado a 40 anos de prisão nos EUA

Nova York, 27 Mai 2016 (AFP) - Um juiz federal dos Estados Unidos condenou nesta sexta-feira a 40 anos de prisão um membro da Al-Qaeda que trabalhou para a rede extremista no Iêmen e planejou um atentado que será cometido no aeroporto londrino de Heathrow.

Minh Pham, vietnamita de 33 anos, ouviu a sentença em uma corte de Manhattan vários meses depois de ter se declarado culpado de "terrorismo".

Convertido ao Islã, ele passou a maior parte da vida no Reino Unido e, em dezembro de 2010, viajou ao Iêmen para receber treinamento militar da Al-Qaeda na Península Arábica.

Retornou ao Reino Unido em julho de 2011 e pretendia cometer um atentado suicida contra cidadãos americanos e israelenses quando chegasse ao aeroporto Heathrow, em Londres.

Minh Pham foi detido antes de concretizar seu plano e foi extraditado aos Estados Unidos, onde foi processado, declarou-se culpado e foi condenado nesta sexta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos